Teve início na última segunda-feira (10) a Semana de Direitos Humanos do Estado do Ceará. O evento ocorre até dia 14 de dezembro e tem a proposta de pensar e dialogar sobre os direitos humanos na atualidade e refletir acerca dos seus desafios no Estado do Ceará e na Universidade Federal do Ceará (UFC).

A maior parte das atividades será realizada na UFC, que também realizará a sua I Mostra UFC de Experiências em Direitos Humanos no Ceará. Haverá atividades, ainda, no Centro de Defesa da Vida Herbert de Souza (Rua Dr. Fernando Augusto, 987, Granja Portugal), na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e na Praça da Igreja do Senhor Bom Jesus dos Aflitos, no bairro Parangaba, onde haverá emissão de RG, orientações jurídicas de acesso a serviços públicos, serviços da ETUFOR (emissão do cartão de gratuidade no transporte público), aferição de pressão e teste de glicemia.

Também integram a programação rodas de conversa e mesas-redondas. Acesse a programação completa. O evento é organizado pela Comissão de Direitos Humanos da UFC, pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos do Estado do Ceará e pelo Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos, com apoio do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce).

Com informações do portal da UFC.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) promoveu a confraternização Natalina dos técnico-administrativos em Educação da Universidade Federal do Cariri (UFCA), no Espaço Festivo São Francisco, em Juazeiro do Norte, no dia 8 de dezembro.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce), em parceria com o Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais, realiza na próxima quinta-feira (13/12), a partir das 18h, no Centro de Humanidades 2 da Universidade Federal do Ceará (UFC) a Conferência pela Educação: Perspectiva para a Universidade e o Serviço Público Pós-Eleições, com a participação da deputada federal Luizianne Lins (PT) e do do deputado estadual Renato Roseno (PSOL).

Serviço:

Conferência Pela Educação

Data: 13 de dezembro (Quinta-feira)

Hora: 18h

Local:Auditório Rachel de Queiroz (CH 2 da UFC - Benfica) 

 

Uma comitiva formada por representantes do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Ceará (Sintufce) e de técnico-administrativos da UFC, UFCA e da Unilab participam, de 7 a 9 de dezembro, da Plenária Nacional da FASUBRA, em Brasília. O evento marca a comemoração de 40 anos da Federação. Entre outros assuntos, a Plenária está discutindo estratégias para unificar a luta e resistir aos ataques promovidos contra os técnico-administrativos de instituições de ensino superior públicas de todo o país, diante da atual conjuntura sociopolítica.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) realizou, nesta quinta-feira, 6, assembleia geral para dar encaminhamento ao processo 03286/2000, que trata da indenização financeira no valor de mais de três milhões de reais, por parte da Universidade Federal do Ceará, a quase três mil servidores técnico-administrativos que foram lesados por causa de descontos indevidos no contracheque referentes ao vale alimentação.

Por ampla maioria dos votos (60 a favor, 7 contra e 2 abstenções), a categoria acatou a proposta da diretoria do Sintufce em fazer um rateio, entre os servidores incluídos na ação, de uma multa de aproximadamente 150 mil reais. Conforme explicou o advogado Clóvis renato, assessor jurídico do Sintufce, a cobrança se deu por decisão judicial, em consequência de uma diferença de quase R$ 1,5 milhão no valor exigido à UFC no referido processo. A Justiça, conforme esclareceu o jurista, acatou o recurso da Universidade e refez os cálculos apontados, na época, pelo advogado responsável pelo processo, constatando que, de fato, havia excesso no valor exigido como indenização.

Apoiada no parecer de sua assessoria jurídica, a diretoria colegiada do Sintufce, representada por Heveline Ribeiro e José Raimundo Soares, decidiu propor o rateio da multa entre todos os servidores contemplados no processo por acreditar ser a solução mais favorável aos interesses e anseios da categoria, pois assegura o recebimento dos valores da indenização já em 2019. Caso o Sintufce optasse por recorrer da decisão judicial, o processo voltaria a tramitar sem qualquer previsão de conclusão e com prazo para novo resultado a perder de vista, explicou o assessor jurídico Clóvis Renato.

 
contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651