Uma caravana do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Ceará (Sintufce) participou, em Recife (PE), do Dia Nacional de Paralisação e Lutas contra a reforma da previdência e o pacote anti-servidor do governo federal, dia 14 de setembro, que mobilizou cerca de 700 trabalhadores técnico-administrativos em educação. A concentração do Ato Nacional com caravanas da região nordeste aconteceu na Praça de Boa Viagem.

A manifestação seguiu em marcha pela Avenida Boa Viagem, com trio elétrico, faixas, cartazes e bandeiras, os trabalhadores gritavam palavras de ordem, “pisa ligeiro, pisa ligeiro, quem fecha com o Temer também fecha com os banqueiros”. “A nossa luta é todo dia, educação não é mercadoria”. “O poder do povo vai fazer um mundo novo”.
Ao chegar em frente ao apartamento do ministro da Educação, Mendonça Filho, na orla da praia, os trabalhadores realizaram o Ato Nacional. O ministro tem ignorado diversas tentativas dos trabalhadores técnico-administrativos em educação de estabelecer um diálogo frente às reivindicações da Categoria, desde a mudança de governo. Os trabalhadores queimaram uma mala com dinheiro cenográfico em protesto contra a corrupção e cobraram o ministro, deixando claro que não se calarão diante dos ataques do governo.

A Federação De Sindicatos De Trabalhadores Em Educação Das Universidades Brasileiras (FASUBRA) conclamou a sociedade para se unirem em defesa do patrimônio público, da universidade brasileira, em defesa das conquistas e da carreira dos trabalhadores técnico-administrativos, contra a reforma da previdência e contra a reforma trabalhista, que mesmo após aprovação pode ser revogada. “Não vamos deixar o processo de vendas desse país seguir da forma que está sendo feito, estamos aqui para barrar os ataques ao Brasil, para defender a educação pública”. Os gritos de “Fora Temer” e “Fora Mendonça” finalizaram o ato.

Com informações Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical

Na tarde de quita-feira (14/09), o Sintufce recebeu a portaria de n° 3964/17, assinada pelo vice-reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), prof. Dr. Custódio de Almeida, que designa os servidores eleitos e empossados a comporem a Comissão Interna de Supervisão (CIS) da Carreira dos Técnico-administrativos em Educação da UFC.

O dia 14 de setembro foi escolhido como Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência e o pacote anti-servidor do governo federal. Em Fortaleza, o Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) se uniu com várias instituições para uma programação que contemplasse toda a categoria dos técnico-administrativos em Educação da UFC, UFCA e Unilab, inclusive a população cearense.

É HORA DE REFLETIR CARO COLEGA SERVIDOR PÚBLICO!!! Ontem, 14/09, foi DIA NACIONAL DE PARALISAÇÃO CONTRA O FIM DA APOSENTADORIA E EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO E CONTRA OS ATAQUES DO GOVERNO. Tivemos várias atividades durante todo o dia, e é LAMENTÁVEL que em um universo de quatro mil servidores que compõem a UFC, UFCA e UNILAB menos de 10% compareceram às atividades durante o dia!!!

Até quando ficaremos em nossa zona de conforto esperando o governo tirar nossos direitos um a um? Já não bastam os SALÁRIOS CONGELADOS POR 20 ANOS, apenas com a perspectiva de ter correção inflacionária? Inclusive já há sinalização por parte do governo de que nem isso teremos em 2018!!! Já não basta O TETO DOS GASTOS PÚBLICOS que impede investimentos e torna mais precárias ainda as nossas condições de trabalho?! Já não basta o PDV publicado dia 13/09 que atinge diversas carreiras no Serviço Público?! Já não basta a TERCEIRIZAÇÃO DESENFREADA e a NOVA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA que favorece a precarização das relações de trabalho e acaba com os concursos públicos em diversas áreas?!

Pois se tudo isso não é o bastante para os Servidores LUTAREM, o governo vai nos dar mais motivos com o pacote de medidas contra o servidores que pretende aprovar nos próximos dias e que, a partir de hoje, a grande mídia deve estar divulgando com o titulo de MEDIDAS PARA MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO PÚBLICA, que traz em seu bojo propostas como aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14%, postergação de um ano dos reajustes concedidos, teto remuneratório a todas as verbas recebidas pelos servidores, extinção de 60 mil cargos, Reestruturação da Carreira com redução do salário inicial e aumento da quantidade dos níveis de progressão, redução com o auxilio moradia e ajuda de custos, cancelamento de reajustes dos cargos comissionados, dentre outros. Sem falar na REFORMA DA PREVIDÊNCIA, que inviabiliza o acesso à APOSENTADORIA de milhões de brasileiros!

Tudo isso o governo faz sob a justificativa de economizar para pagar um SUPOSTO DÉFICIT PÚBLICO que só beneficia Bancos Internacionais. ESTAMOS DIANTE DO MAIOR ATAQUE QUE O BRASIL JÁ VIU AO SERVIÇO PÚBLICO, AO SERVIDOR PUBLICO, AOS TRABALHADORES E AOS NOSSOS DIREITOS!!! PENSE NISSO E REAJA, POIS PARA O GOVERNO NÃO BASTA CONGELAR O NOSSO SALÁRIO, ELE TEM QUE DIMINUIR!!! E acreditem! Muitas malas de dinheiro devem estar guardadas Brasil afora, para pagamento de propinas e conseguir os votos necessários para aprovar tais medidas! NÃO FIQUE AI PARADO, NÃO DESISTA DE LUTAR POR NOSSOS DIREITOS! JUNTOS SOMOS MAIS FORTES! LUTE ATÉ O FIM! LUTE SEMPRE!!! FORA TEMER!!!

Licivanda Pedroza
Coordenadora Jurídica do Sintufce e Indignada com esse governo

Na tarde do dia 11/09, no Auditório do Bloco Administrativo, no Campus da Liberdade, em Redenção, foi realizada a assembleia geral dos técnico-administrativos em Educação (TAEs) da Unilab, para tratar sobre informes locais e nacionais; formação do Comitê de Direitos Humanos da Unilab; dia 14 de setembro, Dia Nacional de paralisação e lutas contra os ataques do governo Temer; retirada de delegados de base para a Plenária da Fasubra e encaminhamentos.

contact

Contato

Gostaria de mais informações sobre o SINTUFCE? Vá em frente, entre em contato e tire todas as suas dúvidas.

Nome*

Please type your full name.

E-mail*

Invalid email address.

Assunto*

Please type your full name.

Mensagem*

Entrada Inválida





Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651