A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Ceará (Sintufce) promoveu uma Assembleia Geral Extraordinária, na tarde da última quarta-feira (05/07), no Pátio da Reitoria, para tratar sobre a implantação do ponto eletrônico na Universidade Federal do Ceará (UFC); 30h semanais; acúmulo de cargos; retirada de benefício dos anuênios, portaria de afastamento para qualificação e pagamento do processo dos 3,17%. Além disso, A diretoria encaminhou votação ratificando a eleição e legitimidade da gestão LUTE, eleita por maioria dos votos na eleição do dia 30 de março deste ano.

A assembleia foi conduzida pelos diretores do Sintufce, Keila Camelo, José Raimundo Soares, Heveline Ribeiro, Licivanda Pedrosa e Cássia Araújo. O advogado da entidade, Thiago Pinheiro, também esteve presente e respondeu algumas dúvidas dos servidores.  

Acerca da implantação do ponto eletrônico na UFC, o coordenador geral do Sintufce, José Raimundo Soares, explicou que o sindicato sempre se portou contrário a este controle de frequência e tem lutado para que não seja implantado. “Há cinco anos, o Sintufce promoveu um seminário sobre a questão do ponto eletrônico e a partir disso uma carta foi elaborada ressaltando que o controle poderia continuar sendo feito através da folha ou máquina de ponto. Além disso, vale ressaltar que a UFC está entre as dez melhores universidades do país e a melhor do nordeste, o que mostra que os servidores desempenham suas atividades e cumprem sua jornada de trabalho”, disse. O coordenador também levantou a proposta de elaboração de um segundo seminário sobre o ponto eletrônico, a fim de que uma nova carta seja elaborada e entregue ao Reitor da UFC, argumentando os motivos para não implantação do controle eletrônico.

Sobre o processo dos anuênios, que diz respeito ao tempo de serviço na Sociedade de Assistência da Maternidade Escola Assis Chateubriand (SAMEAC), Thiago Pinheiro explicou que “após essa pequena vitória da UFC que retirou os benefício dos anuênios, o jurídico do Sintufce já protocolou junto ao TRF, no processo coletivo, um pedido de tutela de urgência e emergência, e que também irá trabalhar com ações individuais, pois a situação do acúmulo de cargos de cada servidor é diferente”, explicou. (Para mais detalhes, veja informe no fim da matéria)

Em relação ao processo dos 3,17%, a coordenadora de Assuntos Jurídicos do Sintufce, Licivanda Pedrosa, informou que “o segundo processo está em via de confecção das RPVs para pagamento. A lista com os nomes dos servidores contemplados neste segundo processo se encontra no jurídico do Sintufce para consulta”, complementou.

Na ocasião, Heveline Ribeiro, coordenadora Geral do Sintufce, explicou que “a comissão das 30h consultou alguns setores da UFC, que relataram suas realidades e a proposta de funcionamento com base nas 30 horas, no trabalho ininterrupto, e um relatório foi elaborado para ser discutido junto à Reitoria sobre a questão”.

Votações

Por ampla maioria, os servidores ratificaram o resultado da eleição do dia 30 de março de 2017, na qual a chapa 30 - LUTE venceu o pleito. Além disso, repudiaram toda e qualquer assembleia ou ato que seja convocado por fora do Sintufce.

Na ocasião, os servidores também aprovaram, por unanimidade, o II seminário sobre o Ponto Eletrônico, que acontecerá no dia 20 de julho.

 

 

 

 

contact

Contato

Gostaria de mais informações sobre o SINTUFCE? Vá em frente, entre em contato e tire todas as suas dúvidas.

Nome*

Please type your full name.

E-mail*

Invalid email address.

Assunto*

Please type your full name.

Mensagem*

Entrada Inválida





Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651