A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) realiza até o dia 25 de outubro uma variada programação para comemorar o mês do Servidor, incluindo palestras, workshops, oficinas e apresentações artísticas.

Durante a abertura, no último dia 2,no município de Redenção, a coordenadora Geral do Sintufce, e a coordenadora de Comunicação, Alrineide Pereira, saudaram os trabalhadores técnico-administrativos da Unilab e ressaltaram a importância desses servidores para o fortalecimento daquela instituição de ensino e de sua proposta academia e de integração. “Temos na Unilab, bem como em todas as demais universidades, um corpo de servidores qualificados, eficientes e que acreditam no projeto de uma Universidade que faça a integração do Brasil com as diversas nações de língua portuguesa da África e da Ásia, mostrando que é possível constituir uma universidade de alto nível onde a inclusão e o respeito à diversidade é uma suas principais características, afirmou Keila Camelo.”

Na ocasião, a coordenadora Geral do Sintufce ressaltou ainda o que a UNILAB e seu projeto representa para o Ceará, para a Bahia e o Brasil. “Significa a reparação da dívida histórica que nós, brasileiros, temos para com os países africanos, representa a possibilidade das classes desfavorecidas terem acesso a uma universidade pública, gratuita e de qualidade e representa ainda a indispensável interiorização da educação no território cearense. E em cada momento desta Universidade, os servidores técnicos estão presentes, dão a sua contribuição e fazem desta universidade o que ela é hoje”, disse.

Clique AQUI para saber a programação completa do Mês do Servidor - Unilab 2018.

Clique AQUI para ver imagens da abertura do Mês do Servidor - Unilab 2018.

 

Carta de saudação da Diretoria Colegiada do Sintufce aos servidores da Unilab

Saudações aos servidores da Unilab, em especial aos TAE nesse mês em que se comemora o dia do servidor público no Brasil

Companheiros/as,

A história das Universidades Federais no Ceará é indissociável da trajetória dos Técnico-administrativos em Educação. Cada servidora e cada servidor que atuou e atua na universidade faze parte de uma história marcada por muita luta, perseverança e, por que não dizer, de fé? Fé nas sementes de uma sociedade mais justa e menos desigual, onde a universidade teria o papel de se aproximar das demandas de todo o povo cearense, para que nosso estado pudesse ser uma terra em que as oportunidades pudessem chegar às mulheres e homens que trabalham e sonham nessa terra.

Temos nesta universidade, bem como em todas as demais, um corpo de servidores qualificados, eficientes, competentes e que acreditam no projeto de uma Universidade que faça a integração do Brasil com as diversas nações de língua portuguesa da África e da Ásia, mostrando que é possível constituir uma universidade de alto nível onde a inclusão e o respeito à diversidade é uma de suas principais características.

Cabe aqui ressaltar o que a UNILAB e seu projeto representa para o Ceará, para a Bahia e o Brasil. Representa a reparação da dívida histórica que nós, brasileiros, temos para com os países africanos. Também representa a possibilidade das classes desfavorecidas terem acesso a uma universidade pública, gratuita e de qualidade, e ainda a indispensável interiorização da educação no território cearense.

Em cada momento desta Universidade, os servidores técnicos estão presentes, dão a sua contribuição e fazem desta universidade o que ela é hoje! Quando vemos a UNILAB se consolidar enquanto instituição voltada ao Ensino, Pesquisa e Extensão, dando à sociedade o devido retorno por meio de seus egressos, de suas pesquisas e de sua atuação junto à comunidade do entorno, temos a certeza de que muito mais pode ser realizado e que, para tanto, ela pode contar com a dedicação de seus servidores.

Não podemos deixar de lembrar que essa UNILAB inclusiva, essa UNILAB igualitária e, mais do nunca, essa UNILAB que pertence ao povo do Ceará e ao povo da Bahia, bem como o de todo o Brasil, encontra-se ameaçada. Assim, no momento de alegria e de confraternização, de valorização de seus servidores, não podemos deixar de lembrar que devemos nos manter alertas e vigilantes, prontos para nos colocarmos de pé e defender a nossa universidade!

Nesse momento é de grande importância que toda a comunidade universitária se articule uma para realizar uma eleição paritária para a reitoria da UNILAB e que nós TAEs continuemos buscando melhores condições de vida e trabalho na luta pela implementação dos turnos contínuos com jornada de 30h semanais para todos, dentre outras demandas não menos importantes como o incentivo à capacitação e qualificação.

Eis o motivo de o SINTUFCE, nesta ocasião, saudar a UNILAB, saudamos a professores e estudantes, saudamos aos técnicos e, principalmente, aos que lutam e que incessantemente estão dispostos a fazer desta universidade não apenas um local de trabalho ou de estudo, mas um local onde possamos realizar nossos sonhos de uma vida melhor para todas as trabalhadoras e trabalhadores.

Por isso é preciso defender a UNILAB, bem como a UFC e a UFCA. É preciso garantir que estas instituições, criadas com tanta luta dos cearenses, possam seguir dando frutos, não aceitando retrocessos, não aceitando nenhum direito a menos.  Para esta luta, podem contar com o SINTUFCE, que durante toda a sua história não deixou de se colocar lado a lado com aqueles que lutam!

Diretoria Colegiada do Sintufce

 

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651