Na tarde do ontem (04), no Auditório do Centro de Ciências, no Campus do Pici, o Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) encerrou o ciclo de debates sobre consulta para reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC). Durante dois meses, o sindicato promoveu rodas de conversas e escutou as demandas dos técnico-administrativos em Educação (TAEs) da Universidade.

Conforme os anseios da categoria, uma Carta Aberta à Comunidade foi elaborada e finalizada nesta última roda de conversa. Durante a reunião, os presentes votaram, por unanimidade, a data do dia 25 de abril para um debate com os reitoráveis, e que o documento com as propostas dos TAEs seja entregue a cada candidato antes do evento.

O cargo de reitor da UFC para o mandato 2019-2023 está sendo disputado por: Antônio Gomes de Souza Filho, atual pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC, tendo como vice Augusto Teixeira de Albuquerque, atual pró-reitor-adjunto de Planejamento e Administração; 
Custódio Luís Silva de Almeida, atual vice-reitor da UFC, tendo como vice Davi Romero de Vasconcelos, atual diretor do Campus de Quixadá; José Cândido Lustosa Bittencourt de Albuquerque, atual diretor da Faculdade de Direito da UFC, tendo como vice José Glauco Lobo Filho, da Faculdade de Medicina.

A consulta para reitor acontecerá no dia 8 de maio, em todas as unidades acadêmicas da UFC, na Capital e no Interior. O voto é uninominal, cada pessoa vota em apenas um dos nomes. A votação é aberta à comunidade universitária e os votos possuem pesos diferenciados, 70% (docentes), 15% (técnicos) e 15% (discentes). No final da consulta, a Comissão eleitoral presidida pelo Prof. Haroldo César Beltrão, da Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem (FFOE) e composta pelas professoras Marisete Dantas de Aquino (vice-presidente), do Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental; Adryane Gorayeb Nogueira Caetano (1ª secretária), do Departamento de Geografia; e pelo professor Ruy Ferreira Lima (2º secretário), da Casa de Cultura Francesa, realiza a apuração dos votos. O resultado é encaminhado ao Conselho Universitário (CONSUNI) da UFC, que se reunirá no dia 20 de maio para elaborar a lista tríplice a ser encaminhada ao Ministério da Educação (MEC).

A coordenadora Geral do Sintufce, Keila Camelo, reitera o posicionamento do sindicato contrário a este tipo de consulta e diz que é “vergonhoso a UFC, uma Instituição que ocupa a primeira posição como melhor universidade do Norte e Nordeste, ainda se render a uma consulta que não estabelece paridade entre os votos de técnicos, docentes e alunos. É lamentável ver que a UFC não progrediu neste aspecto, enquanto muitas universidades brasileiras irão manter o processo paritário, a UFC, ainda, nem evoluiu ao ponto de ter um processo deste tipo. Esperamos que a Carta Aberta que elaboramos com a categoria seja apreciada pelos candidatos e que eles possam atender nossas demandas, enxergando os TAEs como protagonistas do processo de desenvolvimento e crescimento da Universidade. Precisamos de um gestor que se preocupe mais com os anseios dos servidores técnicos”, destaca.

Debate com os reitoráveis

O Sintufce promoverá um debate com a participação da comunidade Universitária, no dia 25 de abril (quinta-feira), às 9h30, no auditório da Reitoria. Em breve, será divulgado o formato do debate.

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651