Na última quinta (29), técnico-administrativos da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) paralisaram suas atividades e participaram do dia nacional de luta, mobilizações e paralisação, no Campus do Pici.

Durante o início da manhã, os servidores se concentraram na entrada do Campus e fizeram uma panfletagem alertando os estudantes e os servidores sobre o PLP 257, a PEC 241, a reforma da previdência, a reformulação do ensino médio e sobre os demais projetos que limitam e retiram os direitos dos trabalhadores. Com palavras de ordem, seguiram em um Passeio Ciclístico da Resistência e "trenzinho da alegria" para os aposentados por todo o Campus do Pici.

No período da tarde, o Sintufce se reuniu com a ADUFC e representantes do DCE da UFC para discutirem assuntos pertinentes aos três setores, como destaca Matheus Figueiredo, secretário geral do DCE-UFC, "temos que montar um calendário de lutas e nos unirmos para construirmos um texto de ocupação dos espaços da Universidade pelos estudantes, professores e servidores contra os retrocessos que sofremos na UFC", referiu-se o estudante à portaria 3131 que regula os espaços da UFC para entes públicos e privados.

Para coordenadora geral do Sintufce, Keila Camelo, o dia 29 de setembro foi considerado como um marco de paralisação e lutas em defesa dos trabalhadores. “Não aceitaremos nenhum direito a menos. O governo está atacando os direitos trabalhistas, previdenciários e sociais. E nós lutaremos contra qualquer retirada e desmonte do serviço público", finaliza Keila.

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651