Em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce), a assessora jurídica Gabriela Ruiz elaborou uma pesquisa que busca coletar informações sobre o trabalho remoto durante a pandemia do novo Coronavírus, que teve início em março de 2020 e tem afetado a rotina de milhões de servidores públicos em todo o país.

Um questionário está sendo direcionado aos servidores da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) com objetivo de identificar de que modo o trabalho remoto durante a pandemia afetou no cotidiano dos trabalhadores, especialmente no direito à desconexão do trabalho.

Para Cassia Araújo, coordenadora de Assuntos Jurídicos do Sintufce, a pandemia trouxe reflexos no mundo do trabalho e a urgência de se buscar novos meios de levar ao público o que a universidade tem de mais valioso, seus recursos humanos, e sem sair de casa. “Por isso, essa pesquisa é extremamente importante para avaliarmos como o trabalho em home office entrou na vida e nos lares desses servidores, e como isso tem impactado em suas rotinas a curto e longo prazos”, avalia. “Aproveito  para incentivar a adesão do nosso servidor em responder as perguntas elaboradas pela pesquisadora Gabriella Ruiz. A partir das informações coletadas nesta consulta, poderemos compreender melhor os reflexos dessa nova realidade e ajudar no que for possível”, concluiu a diretora.

 

Clique AQUI para responder a pesquisa sobre o trabalho remoto durante a pandemia.

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651