Durante o dia de ontem (17), os técnico-administrativos em educação (TAES) da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) participaram do I Congresso Estudantil (CEUNI), no Campus da Liberdade, em Redenção.

O evento teve como tema “Os desafios do movimento estudantil para a construção da Unilab como projeto democrático de integração e interiorização” e fazia parte do calendário acadêmico dos discentes.

Para a servidora Elaine Vigianni, o congresso é um fato histórico que engradece e fortalece a luta dentro da Universidade. “Esse evento é um marco, pois a partir dele será fundado o Diretório Central de Estudantes (DCE) da Unilab e isso é algo muito importante na formação política dos estudantes. Vê isso acontecer, deixa-me feliz, já que a construção universitária é feita com técnicos, alunos e professores”, destaca Elaine.

No encontro, os TAES participaram do grupo de discussão sobre greve, no qual foi debatido a construção de um ato unificado, para o dia 24 de novembro, com escolas, entidades e sindicatos locais, além da comunidade acadêmica.

Da esq. para dir. Gleydson Rodrigues (TAE/Unilab),
Gledson Ribeiro (professor/Unilab) e Mário Magno (universitário/Unilab)

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651