Paralisa enfermagem 2

Representantes da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) se uniram a milhares de profissionais de enfermagem do setor público e privado, que realizaram manifestação em Fortaleza na manhã desta quarta-feira, 21. O protesto faz parte da paralisação das entidades representativas em todo o País. A categoria desaprova a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que manteve a suspensão da Lei 14.434, referente aos pisos salariais de profissionais de Enfermagem.

Em passeata, técnicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem saíram da rua Visconde do Rio Branco, em frente ao Hospital Regional da Unimed, e percorreram a avenida Aguanambi, passando pelo Hospital Antônio Prudente, do grupo Hapvida, e pelo Uniclinic. O destino final foi o Instituto doutor José Frota (IJF), no Centro. Durante o percurso,  os profissionais seguiram com faixas, cartazes e gritos de protesto contra a decisão do STF e a desvalorização da categoria por parte dos empresários do setor.

Paralisa enfermagem3

 

Saiba Mais

Em 4 de agosto, a Lei 14.434, que criou o piso salarial da Enfermagem, foi sancionada. No entanto, no dia 15 de setembro, o plenário do STF manteve,  por 7 votos a 4, uma decisão do ministro Luís Roberto Barroso que suspendeu a lei que fixa pisos salariais para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras.

A decisão foi resultado de um pedido da Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos de Serviços, que questiona a validade da medida por entender que a fixação de um salário-base para a categoria terá impactos nas contas de unidades de saúde particulares pelo país e nas contas públicas de estados e municípios. As empresas do setor, por sua vez, também indicaram a possibilidade de demissão em massa e de redução da oferta de leitos.

A liminar que suspendeu os efeitos desta Lei também determina um prazo de 60 dias para que entidades da área da saúde pública e privada apresentem esclarecimentos sobre os impactos da medida. Após esse período, a liminar será reavaliada.

Veja mais fotos do protesto dos profissionais da enfermagem em Fortaleza.

 

 

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Recepção Sintufce
(85) 99199-7807