Atendendo ao chamado do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Ceará (Sintufce), os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Ceará (UFC), do Cariri (UFCA) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) foram às ruas de Fortaleza e do Interior em protesto contra os cortes no repasse de verbas do governo federal para a educação e o programa Future-se, proposta do Ministério da Educação que prevê mecanismos de intervenção da iniciativa privada em instituições públicas de ensino superior.

A passeata saiu no início da manhã da frente da sede do Sintufce, na Praça da Gentilândia (Benfica), em direção à Avenida da Universidade, passando pelo Praça da Bandeira, em seguida pelas ruas do Centro e terminando na Praça do Ferreira. Segundo a organização do ato, cerca de 100 mil pessoas participaram da manifestação na capital, que contou com a presença de várias centrais sindicais e entidades estudantis.

Empunhando faixas com mensagens de apoio à universidade pública, gratuita e de qualidade e também contra a reforma da Previdência, a diretoria do Sintufce reforçou o repúdio da instituição contra a retirada de direitos da aposentadoria e a privatização das instituições públicas de ensino superior no país. “Não iremos permitir que o governo fascista de Jair Bolsonaro entregue a nossa universidade, a nossa educação fundamental ou média, por meio do projeto Future-se, que representa, na verdade, um retrocesso, com a entrega dessas intituições para a iniciativa privada. Também não permitiremos que o Senado concretize a reforma que representa um ataque direto ao direito dos trabalhadores de todo o país”, disse Keila Camelo, coordenadora Geral do Sintufce durante a manifestação.

CLIQUE AQUI para ver mais imagens da manifestação em Fortaleza e no Interior.

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651