A diretoria colegiada do Sintufce Gestão Lute manifesta seu apoio ao movimento "Estado de Direito Sempre" em sua campanha pela adesão e assinatura da carta em defesa do estado democrático de direito. "No Brasil atual não há mais espaço para retrocessos autoritários. Ditadura e tortura pertencem ao passado. A solução dos imensos desafios da sociedade brasileira passa necessariamente pelo respeito ao resultado das eleições. Em vigília cívica contra as tentativas de rupturas, bradamos de forma uníssona: Estado Democrático de Direito Sempre!".

Clique aqui  para conhecer e assinar a Carta em defesa do Estado Democrático de Direito.

Fonte: www.estadodedireitosempre.com

Os técnico-administrativos em Educação do Sindicato dos Trabalhadores das Universidade Federais no Estado do Ceará (Sintufce) aprovaram, por ampla maioria, as contas dos anos de 2020 e 2021 da Instituição. A reunião foi realizada nesta quinta-feira, 28 de julho, na sede da Instituição.

A primeira Assembleia Geral da nova gestão, eleita em junho deste ano, apresentou o parecer aprovado pelo Conselho Fiscal e contou com a participação da S&C Assessoria Contábil que presta serviço ao sindicato. Os contadores detalharam receitas e despesas da Instituição, com valores, investimentos e custos. Em relação às contas de 2020, o Conselho dos Representantes Sindicais de Base elaborou um parecer recomendando a aprovação e o Conselho Fiscal eleito recomendou a aprovação das contas relativas a 2021. Ambos foram aprovados pela Assembleia Geral.

 

Com o intuito de orientar, tirar dúvidas e ajudar aposentados e pensionistas, o Sintufce (Gestão Lute) através da Coordenação de Aposentados e Pensionistas irá realizar um encontro para apresentar o passo a passo para o recadastramento obrigatório dos que recebem o benefício de assistência à saúde suplementar (auxílio-saúde), que deverá ser feito através do “Sou Gov”.  A reunião será na próxima quarta-feira (03/08), a partir das15h, no auditório do Sintufce e contará com a participação de Manoel Fernandes (Divisão de Benefícios – Progep) e de Deuciângela Carvalho (Coordenadora de Aposentados e Pensionistas do Sintufce). 

Deuciângela reforça que a importância que todos participem desse encontro onde será  apresentado um vídeo explicativo e tiradas todas as dúvidas sobre o recadastramento obrigatório. “Esta é uma demanda voltada a pessoas com mais idade e que geralmente têm mais dificuldade em manusear as plataformas. Com esta atividade que estamos propondo queremos contribuir ajudando o máximo de servidores para que ninguém fique sem receber seu benefício”, ratifica. O recadastramento é obrigatório e deve ser feito até o dia 31 de agosto de 2022. 

Orientações sobre o recadastramento para as pessoas que recebem auxílio-saúde

Data: Quarta-feira (03 de agosto)

A partir das 15h, no Auditório do Sintufce

Participação: Manoel Fernandes (Divisão de Benefícios – Progep/UFC) e Deuciângela Carvalho (Coord. de Aposentados e Pensionistas – Sintufce)

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Gestão Lute) participou, na última terça-feira (26), na Livraria Lamarca, da Roda de Conversa “Em Defesa da Educação Pública: a luta contra os cortes na rede federal”. Karla Florentino, coordenadora de Campi do Sintufce, participou do debate, que também contou com representantes do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC), Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE) e Movimento AFRONTE.

Em sua intervenção, Karla destacou que os cortes na educação mexem não só na estrutura da Universidade, envolvendo as áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão, mas com toda a comunidade acadêmica. “Sou da Unilab, uma universidade do interior do Ceará. Lá, nós vemos o quanto esse corte traz impactos ocasionando a precarização dos serviços, servidores sobrecarregados, desistência de alunos, professores exaustos, corte de terceirizados”, afirma. A coordenadora de Campi do Sintufce alerta que os cortes sistemáticos acabam se tornando um projeto de desmonte, que começa na educação básica, passando pelos ensinos fundamental, médio e superior. “Essa cadeia atinge o que temos de mais valioso. Sem educação, não somos nada”, ratifica.

Karla alerta ainda que mais encontros como este, com debates e informações, devem ser amplificados. “Até as eleições, devemos multiplicar esses momentos, para que a gente volte a conquistar espaços que perdemos. Mas após as eleições, esta mobilização também deve estar forte e unificada. Reconquistar direitos perdidos, não é tarefa fácil e chegar ao ponto que estávamos antes das retiradas das nossas conquistas irá exigir muito mais luta. Somos potentes, guerreiras e fortes e devemos trazer à tona sentimentos que parecem estar adormecidos depois de tantas derrotas. O poder está com o povo. Precisamos novamente nos lembrar que o poder está nas nossas mãos”, defende.

Apesar do desmonte da educação protagonizado neste governo, há luta e resistência. Os movimentos sociais já se organizam para novas mobilizações a serem realizadas em agosto, em defesa da educação, da democracia e do Brasil.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (SINTUFCE), no uso de suas atribuições legais e estatutárias, convoca todos os servidores técnico- administrativos da UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA – UNILAB, para Assembleia Setorial dos TAES do Instituto de Humanidades – IH, que será realizada no dia 27 de julho de 2022 (quarta-feira) às 09h, em formado virtual ( o link será criado em agenda do google meet e divulgada por e-mail). A assembleia tratará da seguinte pauta:

Informes;

Eleições do IH;

Encaminhamentos.

 

Diretoria Colegiada do Sintufce

Gestão Lute

 

 

Edital Unilab

Subcategorias

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Recepção Sintufce
(85) 99199-7807