NOTA  À CATEGORIA

Fortaleza, 02 de Setembro de 2016


Comunicamos aos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Ceará, Universidade Federal do Cariri e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira filiados ao SINTUFCE, que mais uma vez esse Sindicato é abalado pelo coordenador afastado Sr. Djalma Siqueira, afastado pela categoria por 116 votos a favor e 33 votos contra em  assembleia realizada no dia  03/03/2016, às 14h30min, coordenada pelo Ministério Público do Trabalho. Referido servidor, em assembleia do dia 01/09/2016, comunicou aos presentes em tom de ameaça que estaria voltando ao sindicato segunda feira dia 05/09/2016 na condição de diretor, em atitude de enfrentamento e grave desrespeito à assembleia geral, que, na condição de soberana,  decidiu pelo seu afastamento. Esta não é a primeira vez que o Sr. Djalma provoca contenda dentro do sindicato e fora dele. Pessoa grosseira, agressiva e  naturalmente mentiroso, tentou,  por intermédio de  manobra espúria  que beira o mais rasteiro golpe no estatuto, se investir de coordenador geral sem ter sido eleito para tal, solicitando através de e-mail, apoio dos grupos que compõem a organização política da categoria,  usando o seu ex-grupo Vamos à Luta como contrapartida na troca dessa artimanha, afirmando garantir que referido grupo não participaria do próximo pleito para concorrer à direção sindical (que falta de caráter)! Tentou ludibriar o próprio Ministério Público com pedido de desarquivamento do processo que culminou com o seu afastamento, intencionando, com suas invencionices  venenosas, acobertadas pela sua  tropa,  induzir  aquele organismo ao erro. Isso é gravíssimo.  Mas não deu certo.

Uma das bandeiras mais importantes defendidas pelo movimento sindical nas Instituições Federais de Ensino é a da luta por universidades públicas gratuitas e de qualidade. Tem-se conseguido ao longo do tempo manter, com sucesso, essas bandeiras. Hoje, entendemos ser necessário acrescentar mais um pendão no rol da luta sindical - o da segurança. Há que se empunhar, com muita determinação e propriedade, a luta na defesa de uma universidade mais segura. Esse artigo não pretende ser o ponta pé inicial desse intento mas almeja alertar as autoridades institucionais competentes para o aumento da violência nos campi institucionais e cobrar delas (autoridades) maior empenho e esforço na solução desse grave problema que afeta e aflige toda comunidade universitária, assumindo contornos os mais perigosos.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) lamenta a irreparável perda e expressa seu pesar pelo falecimento do servidor Ivan de Oliveira, técnico em assuntos educacionais aposentado do Instituto de Ciências do Mar (Labomar). Ivan de Oliveira atuou como professor do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior (Poleduc), onde orientou diversas pesquisas na área da educação.

Em Assembleia Geral realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce), na tarde de ontem (25), os servidores técnico-administrativos em educação superior da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) escolheram os delegados que participarão da Plenária Nacional da Fasubra.

Foi instalada na última terça-feira, 23, a Comissão de Direitos Humanos da Universidade Federal do Ceará (UFC). A solenidade aconteceu no auditório da Reitoria e 21 representantes, entre técnico-administrativos, docentes e alunos da UFC, foram empossados pelo Vice-Reior, Custódio Almeida.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufce) esteve presente no evento para homenagear os técnico-administrativos em educação superior, Edvanira Oliveira, Francisco Jonatan e Izabel Cristina, que terão mandato de dois anos.

contact
Endereço
Rua Waldery Uchoa, 50 | CEP: 60.020-110, Benfica / Fortaleza-CE
Telefone
3052.3650 / Fax: 3052.3651